Três famílias recebem o benefício de Gestação Múltipla na ADR Timbó

adr 055 ess

Três famílias, duas de Timbó e uma de Indaial, recebem o Benefício de Gestação Múltipla, com base na lei estadual nº 15.390/2010, que garante a famílias em situação de vulnerabilidade social, um reforço financeiro mensal para cada criança, até elas completarem 12 anos de idade. Cada mãe dessas famílias tiveram trigêmeos.

A família mais nova a receber o benefício são das crianças Fabiele, Franciely e Fernanda, com dois anos de idade. Os pais, Fernando e Michele, conseguiram o benefício através da gerência de Planejamento Regional e Apoio a Políticas Públicas na Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Timbó, que intermediou o envio da documentação necessária para o recebimento do auxílio junto à Secretaria de Estado da Assistência Social (SST).

Conforme a gerente de Planejamento Regional e Apoio a Políticas Públicas, Juliana Moser Rothenburg, o benefício da Gestação Múltipla é um incentivo financeiro que propicia melhores cuidados às crianças. “É muito gratificante acompanhar o crescimento deles com as visitas semestrais”, ressalta.

As mães catarinenses com gestação múltipla, ou seja, que tiveram trigêmeos ou mais, são as únicas do país que recebem um auxílio financeiro do Governo do Estado para custear os cuidados com os filhos.

Para receber o benefício, a família deve procurar a ADR de abrangência da sua cidade, para dar entrada ao requerimento e apresentar os documentos necessários para receber o auxílio.

Dentre os critérios do cadastramento, as crianças precisam ter nascido em SC; ter residência mínima dos pais ou responsáveis, no mínimo, há dois anos no Estado; e que a família tenha como renda bruta total até 85% do salário mínimo por pessoa do núcleo familiar.

Pin It