Timbó realiza o 1º Seminário de Conscientização sobre o Autismo

Nos dias 26 e 27 de abril acontece em Timbó o 1º Seminário de Conscientização sobre o Autismo. Serão duas noites com palestras e interação com o público, através de espaços para perguntas. O evento acontecerá no Teatro Da Vinci, na Uniasselvi de Indaial, que possui uma capacidade maior de público.

folder autismo 2017 2

As vagas para participar do seminário são limitadas. As inscrições são gratuitas e vão até o dia 19 de abril. Elas podem ser feitas pessoalmente na Secretaria de Educação de Timbó, no Centro da cidade, por telefone no número 3382-1262 e pelo link que estará disponível no site oficial da Prefeitura e nas redes sociais.

O seminário vai discutir de forma ampla os aspectos desafiadores que envolvem o diagnóstico precoce do autismo; orientar sobre os tratamentos eficazes e o que realmente está estabelecido do ponto de vista terapêutico, além do desafio da inclusão escolar.

Números do autismo 

Na rede municipal de ensino de Timbó, segundo o Secretário Municipal de Educação, Alfroh Postai, 40 alunos autistas recebem atendimento especializado. “Esse número atingi aproximadamente 1% da população escolar do município, de cerca de 5 mil alunos. Também estão integrados outros 120 alunos com diagnósticos diversos, como Síndrome de Dow, TDAH, TOD Microcefalias, Atraso Global de Desenvolvimento, entre outros transtornos de aprendizagem”, explica Postai.

Desde 2007 a ONU declarou o dia 2 de abril como o Dia Mundial da Conscientização do Autismo. Com isso ela quis chamar a atenção para o quadro, que é mais comum em crianças do que a AIDS, o câncer e o diabetes juntos. No Brasil, estima-se que o transtorno atinja cerca de 2 milhões de pessoas.

A Organização Mundial da Saúde calcula que o autismo afeta uma em cada 160 crianças no mundo. A condição chamada de Transtorno do Espectro Autista (TEA) geralmente tem início na infância e persiste durante a adolescência e a vida adulta.

O 1º Seminário sobre o Autismo de Timbó é uma realização da Secretaria Municipal de Educação, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, com apoio de pais de autistas e da Uniasselvi.

Sócrates Prado

Pin It