Timbó: Páscoa no Parque atrai público de toda região

O coelho da Páscoa chegou no Parque Henry Paul. Imponente e com olhar divertido em seus nove metros de altura, posou nas ‘selfies’ de muitos visitantes. Outros coelhos gigantes também compõem a decoração com muito charme e bom humor. A Vila do coelho ganhou casinhas muito enfeitadas que caíram no gosto dos pequeninos, ávidos em descobrir seus interiores. A pintura facial permaneceu lotada durante o fim de semana e o coelhinho fantasiado também deu o ar da graça, contracenando com os olhares encantados das crianças.

Muito apreciado também foi o espaço criado para os coelhinhos vivos, que deram um tom divertido ao cenário de Páscoa no Parque. As crianças olhavam maravilhadas para os bichinhos muito à vontade com a nova casa.

O Grupo Uni Duni Tê de Contadores de Histórias da Fundação Cultural, coordenado pela Professora Gilmara Mendes Goulart, trouxe alguns personagens das histórias para divertir as crianças na tarde de sábado, dia 25. A atração abriu a programação da Páscoa no Parque e, a sombra das árvores, crianças de todas as idades mergulharam no mundo de faz de conta.

Ainda no sábado, às 19h, foi a vez do Grupo Vocal Syahamba animar o público presente. Trazendo um repertório com clássicos da MPB e pop rock, com arranjos musicais únicos, o grupo vocal deu seu toque especial para a noite de atrações.

No domingo, durante todo o dia era possível ver gente circulando por toda área do Parque Henry Paul e também dentro do Pavilhão, onde se encontra a Feira de Artesanato. Às 18h, foi a vez de Gabriel Piccolo e Banda dar seu show. Com um repertório jovem e animado, Gabriel colocou o público para dançar e interagir.

Páscoa no Parque - 25-03 - Carolina Sperb (13) ED

Nesta terça e quarta, dias 28 e 29, acontece a pintura de ovos gigantes pelas Unidades Pré-Escolares do município, juntamente com a pintura facial. Em parceria com a SEMED, esta ação traz a oportunidade aos pequenos estudantes de visitarem o Parque e participarem da decoração. Na semana que vem os agraciados serão os Núcleos de Educação Infantil municipais e particulares, que terão oficinas de pinturas de casquinhas e pintura facial.

Para o próximo fim de semana a programação promete ser intensa, com a Encenação da Paixão de Cristo, realizada por mais de sessenta atores de Timbó e Rodeio, que mantém este projeto há 65 anos e pela primeira vez se apresentam no Pavilhão de Eventos Henry Paul. O espetáculo tem cera de 2h30min de duração e promete muitas emoções, revelando o verdadeiro sentido da Páscoa aos presentes.

A programação completa está disponível no site www.culturatimbo.com.br. A Páscoa no Parque é uma promoção da Prefeitura de Timbó, com realização da Fundação Cultural, que acontece tradicionalmente desde 2009, atraindo um grande público e se destacando em todo Médio Vale do Itajaí.  Neste ano, o evento conta com apoio do Hospital do Dente.

Osterbrunnen 

Um dos destaques da decoração da Páscoa do Parque é a Osterbrunnen – Fonte da Páscoa, uma tradição alemã de decorar fontes de águas públicas com ovos de Páscoa. Iniciou no século XX, na Suíça Francônia e se espalhou por outras regiões. A decoração das Fontes inicia a partir da sexta-feira santa até duas semanas após a Páscoa. O objetivo é homenagear a água, elemento essencial para a vida, e na Páscoa conforme a tradição a vida é renovada. Havia um antigo costume em toda a Alemanha de tirar água das fontes, antes dos primeiros raios de sol pelas mulheres, em silêncio na manhã do Domingo de Páscoa para a purificação e tratamento médico. Nesta região são utilizados como decoração cordões feitos com ramos de ciprestes sempre naturais nas fontes, ovos de Páscoa, fitas coloridas, guirlandas de flores secas. A Suiça Francônia está localizada no norte da Bavaria. A tradição de decorar fontes para o período da Páscoa tem  relatos por volta de 1909, e após a segunda Guerra Mundial a tradição passou por um tempo esquecida voltando com força total a partir de 1980 por incessantes iniciativas de entusiastas desta tradição. Essas fontes tornaram-se uma importante atração turística sendo que a fonte de Páscoa da cidade de Bieberbach foi listada em 2001  no Guinness World Records como a maior fonte decorada com 11.108 ovos pintados a mão e chega a receber a visitação de um público de 32 mil pessoas. Acredita-se que no Brasil, Timbó é pioneira em trazer a tradição germânica. 

Carolina Sperb

Pin It