Santa Catarina tem mais de 70% dos pontos analisados próprios para banho

O relatório mensal das condições das praias, divulgado pela Fundação do Meio Ambiente (Fatma) nesta sexta-feira, 1º de julho, mostra que 157 pontos, o que corresponde a 74,4% dos 211 analisados, estão próprios para banho. Na Capital, 52 locais estão aptos para o uso. No restante do Estado, 105 pontos estão próprios. As coletas começaram a ser feitas no dia 20 de junho.

CONFIRA OS PONTOS

Nos números se mantêm estáveis em relação ao relatório anterior, divulgado em 3 de junho. Sete pontos passaram para impróprio e oito para próprio. “Sempre pedimos aos banhistas que olhem as condições das praias no site da Fatma ou no aplicativo Natureza Interativa, já que muitas placas são depredadas” , informa o técnico de laboratório, Marlon Daniel da Silva.

A Fatma segue as diretrizes do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) para fazer a balneabilidade. Cabe a Fundação, monitorar e divulgar os relatórios. As coletas são realizadas e, para dizer se um ponto é próprio ou impróprio para banho, é analisada a presença da bactéria Escherichia Coli, presente em fezes de animais e humanos e que pode causar doenças. Quando em 80% das análises, a quantidade de bactérias ficou inferior a 800  por 100 mililitros, o ponto é considerado próprio.

As análises são feitas nos municípios de Araranguá, Bal. Arroio do Silva, Bal. Gaivota, Bal. Camboriú, Bal. Da Barra do Sul, Bal. Rincão, Barra Velha, Biguaçú, Bombinhas, Florianópolis, Garopaba, Gov. Celso Ramos, Imbituba, Itajaí, Itapema, Itapoá, Jaguaruna, Joinville, Laguna, Navegantes, Palhoça, Passo de Torres, Penha, Piçarras, Porto Belo, São Francisco do Sul e São José.

Pin It