Presidente da Fundação Catarinense de Cultura toma posse na próxima terça-feira

Rodolfo Joaquim Pinto da Luz é o novo presidente da Fundação Catarinense de Cultura (FCC). A nomeação para o cargo foi publicada no Diário Oficial de quarta-feira, 11, e a cerimônia de posse ocorrerá na próxima terça-feira, 17, às 10h30, no Teatro Governador Pedro Ivo, em Florianópolis. Na mesma ocasião, também serão empossados o secretário de Turismo, Cultura e Esporte, Leonel Pavan, e o presidente da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), Erivaldo Nunes Caetano Junior.

Entre as principais metas do novo presidente da FCC estão a continuidade e o aperfeiçoamento das atividades que já vêm sendo realizadas com sucesso pela fundação. Além disso, Pinto da Luz pretende dar prioridade ao lançamento do Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura, uma das principais demandas da classe cultural e que atinge artistas e produtores de todo o estado, reforçando também a questão da interiorização das ações da FCC, outra preocupação da presidência.

14_05_2014_11_48_d3069ccdba987968612749361882f728

A ampliação das atividades do Pronatec, com a participação de um número maior de municípios é outra prioridade da nova gestão. “Queremos, ainda, avançar na instituição do Sistema Estadual de Cultura”, pontua o presidente.

Perfil

Fã de MPB, Literatura e Teatro, Rodolfo Joaquim Pinto da Luz tem 68 anos e é natural de São Francisco do Sul, Litoral Norte de Santa Catarina. Casado com Ligia Pinto da Luz, é pai de Rodolfo Pinto da Luz.

Graduado em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), tem especialização em Direito pela mesma universidade e pós-graduação pelo Curso Regional Latino-Americano de Programas de Educação promovido pelo BIRD/CENDEC/MINIPLAN/UnB. Também é professor licenciado do curso de Direito da UFSC, instituição da qual foi reitor por três mandatos: de 1984 a 1988, de 1996 a 2000 e de 2000 a 2004.

Foi presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições de Ensino Superior (Andifes) e do Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras (CRUB), e presidiu a Junta Governativa da Associação COLUMBUS de Universidades Latino-Americanas e Europeias. Exerceu, ainda, interinamente os cargos de Ministro da Educação, Secretário Executivo do Ministério da Educação (MEC) e a presidência da Comissão de Aperfeiçoamento de Pessoal do Nível Superior (Capes).

Em 1989, assumiu a presidência do Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis (IPUF). Nos anos de 1993 e 1994, foi secretário Educação Superior do Ministério da Educação e do Desporto.

De volta à administração municipal de Florianópolis, exerceu por cerca de 12 anos o cargo de Secretário Municipal de Educação, além de ocupar a superintendência da Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes (FCFFC) nos anos de 2009 a 2012, quando foi responsável pela criação do Sistema Municipal de Cultura e pelo lançamento e pagamento de editais da área. Ainda sob sua gestão, foi criado o Conselho Municipal de Políticas Culturais e iniciada a discussão acerca do Plano Municipal de Cultura.

Segue ocupando a presidência da União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime-SC) e Secretaria de Comunicação da Undime nacional.

Cidadão honorário de Florianópolis, Rodolfo Pinto da Luz recebeu inúmeras distinções entre Diplomas, Medalhas, a Ordem do Mérito da Educação, a Ordem do Mérito Judiciário de Santa Catarina, a Ordem do Mérito Empresarial concedida pela Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (ACIF), Doutor Honoris Causa da Universidade Federal de Roraima, Medalha João David Ferreira Lima, Medalha Dias Velho, entre outras honrarias.

Fernanda Peres

Pin It