Praias catarinenses apresentam quase 80% de pontos próprios para banho

O relatório mensal de balneabilidade, divulgado nesta sexta-feira, 2, pela Fundação do Meio Ambiente (Fatma), aponta que 78,7% dos 211 pontos analisados das praias de Santa Catarina estão próprios para banho. Na Capital, 77,3%, que representa 58 locais, estão em boas condições para os banhistas e nas demais regiões, 79,4%, que corresponde a 108 pontos, estão aptos para os usuários.

CONFIRA OS PONTOS

A melhora das condições das praias é significativa se comparado ao relatório anterior, divulgado em 29 de julho. Na análise feita em setembro, 11 pontos deixaram a condição de impróprio e apenas três passaram de próprios para inadequados ao banho. Com as temperaturas mais altas e a chegada de um feriado, o técnico de laboratório da Fatma, Marlon Daniel da Silva, salienta que é importante o banhista verificar no site da Fundação ou no aplicativo Natureza Interativa as condições das praias.

“Todos os meses trocamos placas depredadas, pichadas ou até arrancadas dos locais. Na internet, o banhista vai ter sempre a informação atualizada e correta da condição daquele ponto da praia”, explica.

A Fatma segue as diretrizes do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) para fazer a balneabilidade. Cabe à Fundação, monitorar e divulgar os relatórios. Para dizer se um ponto é próprio ou impróprio para banho, é analisada a presença da bactéria Escherichia Coli, presente em fezes de animais e humanos e que pode causar doenças. Quando em 80% das análises, a quantidade de bactérias ficou inferior a 800  por 100 mililitros, o ponto é considerado próprio.

As análises são feitas nos municípios de Araranguá, Bal. Arroio do Silva, Bal. Gaivota, Bal. Camboriú, Bal. Da Barra do Sul, Bal. Rincão, Barra Velha, Biguaçú, Bombinhas, Florianópolis, Garopaba, Gov. Celso Ramos, Imbituba, Itajaí, Itapema, Itapoá, Jaguaruna, Joinville, Laguna, Navegantes, Palhoça, Passo de Torres, Penha, Piçarras, Porto Belo, São Francisco do Sul e São José.

Pin It