Mapa do turismo de Santa Catarina ganha duas novas regiões

O mapa do turismo de Santa Catarina mudou com a criação de duas novas regiões turísticas: Caminhos do Alto Vale e Vale das Águas. Além disso o Estado aumentou de 132 para 184 o número de municípios participantes. A região Caminhos do Alto Vale foi criada com a saída de 22 cidades do Vale Europeu. Já o Vale das Águas é composto por 11 cidades que saíram do Grande Oeste. A nova configuração foi divulgada pelo Ministério do Turismo e publicada nesta terça-feira, 12, no Diário Oficial da União.

Em Santa Catarina o processo de interlocução com as instâncias de governança iniciou em setembro do ano passado e culminou com a inclusão de todos os dados dos municípios no fim de abril deste ano. A nova composição das regiões foi aprovada pelo Conselho Estadual de Turismo (CET) no dia 27 de abril.

Também foram realizadas oficinas em cada uma das regiões turísticas do Estado. A consolidação da criação das duas novas regiões contou ainda com o apoio do secretário de Estado do Turismo, Cultura e Esporte, Filipe Mello, que reuniu-se diversas vezes com representantes do Ministério do Turismo.

“Foi um processo que contou com a união de representantes do trade turístico, instâncias, dos governos federal e estadual, além dos municípios. Com organização e muito trabalho conseguimos vencer cada etapa e agora comemoramos esta conquista”, acrescentou. O processo de atualização do mapa foi elaborado de forma transparente, com a participação efetiva das cidades interessadas em desenvolver o turismo de forma regionalizada.

O levantamento foi divulgado nesta terça-feira, 12, pelo Ministério do Turismo. Em todo o país, foram identificados 2.175 municípios em 291 regiões turísticas. A categorização do novo mapa do turismo brasileiro foi aprovada pela Portaria nº 172, de 11 de julho de 2016 e publicada nesta terça, 12, no Diário Oficial da União. Para a atualização do mapa, foram realizadas oficinas e reuniões em todas as 27 unidades da federação e a validação do mapa foi feita pelos estados em seus respectivos Conselhos Estaduais do Turismo.

Confira como ficou a categorização do mapa do turismo de Santa Catarina:

CATEGORIA 2013 2016 DIFERENÇA
A 3 3 0
B 12 12 0
C 30 29 -1
D 78 109 +31
E 9 31 +22
TOTAL 132 184 +52

As duas novas regiões ficaram com a seguinte configuração: 

Caminhos do Alto Vale: Agrolândia, Agronômica, Atalanta, Aurora, Braço do Trombudo, Chapadão do Lageado, Dona Emma, Ibirama, José Boiteux, Laurentino, Lontras, Mirim Doce, Presidente Getúlio, Presidente Nereu, Rio do Oeste, Rio do Sul, Salete, Santa Terezinha, Taió, Trombudo Central, Vidal Ramos e Vitor Meireles.

Vale das Águas: Águas de Chapecó, Caibi, Formosa do Sul, Maravilha, Mondaí, Palmitos, Planalto Alegre, Quilombo, Santiago do Sul, São Carlos e União do Oeste.

O Mapa do Turismo Brasileiro é um instrumento de orientação para a atuação do Ministério do Turismo no desenvolvimento de políticas públicas, tendo como foco gestão, estruturação e promoção do turismo, de forma regionalizada e descentralizada. Sua construção é feita em conjunto com os órgãos oficiais de Turismo dos estados brasileiros.

Os 184 municípios de Santa Catarina presentes no Mapa do Turismo se dividem em cinco categorias, conforme a Categorização dos municípios das Regiões Turísticas do Mapa do Turismo Brasileiro. O instrumento, elaborado pelo MTur, identifica o desempenho da economia do turismo para tornar mais fácil a identificação e apoio a cada um.

Dentro da metodologia, as cidades contempladas nas categorias A, B e C contam com 95% dos empregos formais em meios de hospedagem, 87% dos estabelecimentos formais de meios de hospedagem, 93% do fluxo doméstico e têm fluxo internacional.

Os municípios dos grupos D e E reúnem características de apoio às cidades geradoras de fluxo turístico. Muitas vezes são aquelas que fornecem mão de obra ou insumos necessários para atendimento aos turistas.

Pin It
Você gostaria de comentar?