Em Brasília, governador Raimundo Colombo acompanha posse de Deschamps no Conselho Nacional de Educação

O governador Raimundo Colombo acompanhou, na manhã desta quinta-feira, 6, em Brasília, a solenidade de posse do secretário de Estado da Educação de Santa Catarina, Eduardo Deschamps, na presidência do Conselho Nacional de Educação (CNE). O secretário assume o cargo pelo período de dois anos (outubro de 2016 a outubro de 2018). O evento contou com a participação do ministro da Educação, José Mendonça Bezerra Filho.

“É bom ver um catarinense reconhecido no âmbito nacional e assumindo essa posição de destaque como presidente do CNE pelo seu trabalho e seus méritos. O Eduardo vem fazendo um grande trabalho em Santa Catarina e agora terá condições de continuar prestando um grande serviço em favor do nosso Estado e da nossa sociedade”, disse Colombo.


Fotos: Julio Cavalheiro/Secom

O ministro enalteceu a participação do ex-presidente do CNE, Gilberto Gonçalves Garcia, durante sua gestão no conselho e a realização do seus trabalhos. “Tenho certeza que Deschamps vai realizar um grande debate ao conteúdo que é fundamental para a educação do nosso país e que está sob apreciação no Congresso. Para o Brasil, avançar na área da educação é um salto necessário e estou absolutamente convicto de que este é o caminho correto”, afirmou José Mendonça Bezerra Filho.

Secretário de Estado da Educação de Santa Catarina desde 2012, Deschamps, ao assumir o CNE, deixará a presidência do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), cargo que assumiu em fevereiro de 2015. É conselheiro do CNE desde maio de 2016 e também faz parte do Conselho Estadual de Educação (CEE) de Santa Catarina. “Ao longo da história, Santa Catarina já teve vários conselheiros nacionais de Educação e, pela primeira vez, ocupa esse cargo na presidência. Será uma grande missão e nós teremos vários tópicos para tratar ao longo desses dois anos, a exemplo da base nacional curricular comum, a reforma do ensino médio, o sistema nacional de educação, entre outros”, destacou o novo presidente do CNE.

Em seu discurso, Deschamps elogiou o trabalho dos professores e gestores das escolas, destacando que a escola deve ser um espaço organizado, de debate, com boa infraestrutura e constantemente avaliado. Também convocou os pais para fazerem a diferença na educação e citou o Movimento SC pela Educação como exemplo de integração entre as várias frentes (escola, comunidade, alunos, professores). “O professor deve inspirar o nosso estudante e, para isso, precisa ser respeitado na sua missão. Minha avó foi professora de educação básica em SC e foi motivo de muito orgulho. Sei como é trabalhar o dia todo, ficar sujo de giz e sem voz no final do dia”, afirmou ele.

Sobre Deschamps

Deschamps é doutor em engenharia elétrica pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e professor titular da Universidade Regional de Blumenau (Furb), onde foi reitor, chefe de departamento e coordenador do colegiado do curso de Engenharia Elétrica. Também é docente avaliador do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), conselheiro dos Conselhos Estadual de Educação, Consultivo do EduLab 21, mantido pelo Instituto Airton Senna, e de Governança do Movimento Santa Catarina pela Educação, mantido pela Fiesc.

CNE

As atribuições do conselho são normativas, deliberativas e de assessoramento ao Ministro de Estado da Educação, no desempenho das funções e atribuições do poder público federal em matéria de educação, com o objetivo de formular e avaliar a política nacional de educação, além de zelar pela qualidade do ensino, velar pelo cumprimento da legislação educacional e assegurar a participação da sociedade no aprimoramento da educação brasileira.

O CNE tem por missão a busca democrática de alternativas e mecanismos institucionais que possibilitem, no âmbito de sua esfera de competência, assegurar a participação da sociedade no desenvolvimento, aprimoramento e consolidação da educação nacional de qualidade.

Rafael Vieira de Araújo 

Pin It