Cras Nações realiza encontro com idosos beneficiários de prestação continuada

IMG-20170901-WA0017

O Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Nações promoveu na quarta, 30 de agosto, o 1º Encontro com Idosos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e residem nos bairros Nações, Rio Morto, João Paulo II, Arapongas e Estradinha. O evento teve início com a participação dos alunos do Projeto de Leitura da Escola Básica Municipal Arapongas, coordenado pela professora Claudia Michelli. Na ocasião os estudantes recitaram poemas de Anair Weirich para os idosos e seus familiares e o público presente.

Posteriormente a coordenadora do Centro, Fernanda da Cunha, explicou que o encontro tinha por objetivo aproximar os idosos beneficiários do BPC com a rede de serviços socioassistenciais e informar sobre novas exigências para concessão do benefício.

Durante o encontro Rubens Bartel Junior, responsável pela Gestão do Cadastro Único, informou que, de acordo com o Decreto nº 8.805/2016, os idosos beneficiários ou requerentes do BPC devem realizar a inscrição no Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico), tanto para a concessão como para a manutenção e revisão do benefício, até 31 de dezembro de 2017. Cabe ressaltar que a inscrição no Cadastro Único também permite o acesso a outros programas sociais, como a Tarifa Social de Energia Elétrica e a Carteira do Idoso.

O BPC é um benefício da Política de Assistência Social, individual, não vitalício e que garante o pagamento mensal de um salário mínimo à pessoa idosa, com 65 anos ou mais, e à pessoa com deficiência, de qualquer idade, com impedimentos de longo prazo, de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, que comprove não possuir meios para prover a própria manutenção nem de tê-la provida por sua família.

No término do encontro os idosos receberam um pote decorado, confeccionado com material reciclado pela instrutora de trabalhos manuais, e foram convidados para um delicioso café.

A equipe do Cras Nações atualmente é formada por uma educadora social, uma coordenadora, uma assistente social, uma monitora social, um psicólogo, uma auxiliar administrativa e uma instrutora de trabalhos manuais. A secretária de Assistência Social, Katiuscia Simone Harbs, ressalta que uma das ações da equipe é a prevenção: “o objetivo é fortalecer a convivência com a família e com a comunidade”.

Graciely Guesser Ramos
Pin It