Aproximadamente 9.500 carnês do IPTU em Indaial foram pagos em cota única

Neste ano de 2017, o município de Indaial emitiu 24.951 carnês do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), dos quais 9.596 foram pagos em cota única, com vencimento em 19 de maio e desconto de 10%. Outros 5.286 contribuintes optaram pelo pagamento parcelado, em seis vezes.

No entanto, os contribuintes ainda têm a possibilidade de pagar o imposto com desconto até as seguintes datas: 5% de desconto até o dia 20 de junho e 2% de desconto até o dia 20 de julho.

Em Indaial, juntamente com o IPTU, são cobradas duas taxas: taxa de coleta de lixo e taxa de conservação de logradouros públicos. Essas taxas obedecem aos mesmos prazos de vencimento do referido Imposto, contudo não há desconto em nenhuma modalidade de pagamento.

O IPTU tem previsão no artigo 156, inciso I, da Constituição Federal, e sua instituição é de competência municipal. Portanto, conforme explica o secretário de Administração e Finanças, Silvio César da Silva, “o IPTU é um recurso de receita própria, pois sua arrecadação fica no próprio município, não havendo necessidade de repasse para o Estado ou para a União”.

O secretário destaca ainda a importância desse imposto para Indaial: “Podemos dizer que o IPTU é a mais importante fonte de renda para o Município. Quanto maior a arrecadação, maiores serão os benefícios para os munícipes. A arrecadação oriunda do IPTU está diretamente ligada ao pleno desenvolvimento das funções sociais da cidade e o bem-estar de seus habitantes”.

Graciely Guesser Ramos

Pin It