Alunos da Escola Profª Maria da Graça dos Santos Salai promoveram socialização do projeto interdisciplinar “Um trilhar pela Europa”

P1170268

No dia 6 de julho foi realizada na Escola Básica Municipal Professora Maria da Graça dos Santos Salai a socialização do projeto interdisciplinar “Um trilhar pela Europa”, desenvolvido com aproximadamente 50 alunos, dos nonos anos 1 e 2 do turno matutino. O evento teve por objetivo apresentar, através de estandes, os diversos aspectos sócio-históricos e culturais dos seguintes países: Alemanha, Bélgica, Espanha, França, Grécia, Itália, Polônia, Portugal, Reino Unido e Suíça.

Os alunos ornamentaram os estandes fazendo com que as pessoas se sentissem um pouco nesses países por meio de cartazes com informações pertinentes sobre história, geografia, esporte, arte, literatura, religião, curiosidades, fatos atuais, entre outros aspectos, além de objetos que lembravam o país, enriquecendo o ambiente juntamente com os trajes e a culinária que permeou entre sabores doces e salgados a socialização.

Antes das visitações foi realizada a abertura do evento, por volta das 7h45, com a apresentação dos avaliadores dos estandes: Andrea Souza, Juari Laforce, Káthia Milena Becker Pedroso, Maria Luiza Braga, Sueli Krieck e Edemar Mengarda, que avaliaram duas apresentações de dança típica entre França e Reino Unido, na qual um país era de cada nono ano. A dança campeã contava pontos aos demais países da mesma turma.

Depois desse momento, as visitações aos estandes foram abertas às 8h15. Os avaliadores conversaram com os integrantes de cada país e avaliaram os estandes por meio de critérios preestabelecidos: bandeira do país em materiais alternativos; apresentação (bom dia) na língua do país; objeto(s) característico(s) do país; caracterização dos integrantes da equipe (acessório, blusa, chapéu, faixa, crachá, etc); um aluno caracterizado tipicamente; criatividade no desenvolvimento dos cartazes; imagem da pintura ou escultura de um artista exposto no estande ou em slides; desenvoltura da equipe ao falar do país; apresentação do prato típico; sabor do prato típico; estética do estande; arquitetura desenvolvida no programa Sketchup (software gratuito para a criação de elementos e cenários) e nota da dança típica.

Alunos das séries iniciais e finais do educandário, acompanhados por professores, também visitaram os estandes.

No fim da manhã os avaliadores se reuniram para contabilizar os pontos e na sequência anunciaram o país campeão. O primeiro lugar foi para o Reino Unido, o segundo lugar para a Polônia e o terceiro lugar para a Itália.

Sobre o projeto interdisciplinar

O projeto interdisciplinar que resultou na socialização foi desenvolvido pelos professores das turmas do nono ano ao longo de três meses com o propósito de tornar a aprendizagem mais significativa e integrá-la com a realidade do estudante. Dessa forma, o aprender e a troca de saberes proporcionou estudar países europeus que fazem parte dos conteúdos programáticos em determinadas disciplinas.

A essência dos moldes desse projeto também foi baseada na Tarde Cultural que a Escola de Educação Básica Júlio Scheidemantel, de Timbó, promove há anos com o intuito de integrar escola e família. A coordenadora desse evento, Káthia Pedroso, inclusive foi uma das avaliadoras da socialização em Indaial como forma de agradecimento.

Os estudos e desenvolvimento dos materiais ocorreram durante as aulas dos professores, bem como o desenvolvimento da arquitetura significativa de cada país no programa Sketchup sob a orientação da professora de informática.

Os alunos buscaram informações, trocaram ideias, e converteram esses dados em novas estruturas de pensamento, proporcionando a parceria, o respeito e a autonomia. “Esse projeto caminhou para o entendimento de que o aprender e a troca de saberes entre todos os atores do projeto, permeado de forma efetiva e afetiva, deve ser uma constante na educação, pois a educação é uma forma de intervir no mundo, podendo formar cidadãos mais sensíveis”, enfatizam as professoras Clara Aniele Schley, da disciplina de Artes, e Daiane Rocha Calabrez Ribeiro dos Santos, da disciplina de História.

Graciely Guesser Ramos

Pin It