Ações de conscientização e prevenção às deficiências marcam o Agosto Laranja em Indaial

Agosto Laranja

O mês de agosto, em Indaial, está sendo dedicado ao Agosto Laranja, período no qual são realizadas ações de conscientização e prevenção às deficiências, com abordagem sobre todos os tipos de deficiências: físicas, mentais, auditivas, visuais ou múltiplas, de caráter transitório ou permanente, bem como suas causas.

O Agosto Laranja foi instituído no calendário municipal de eventos do município através da Lei Ordinária nº 5327, de 19 de julho de 2016, por iniciativa da vereadora parlamentar e aluna da Apae, Jussara Bernardo, que teve aprovação do Parlamento Jovem e da Câmara de Vereadores.

Conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS), 70% das deficiências são preveníveis. Por isso, para reduzir os elevados índices de deficiência é preciso investir em prevenção. A Apae de Indaial (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) está distribuindo fitas em todos as unidades de saúde, hospitais e demais dispositivos da rede e organizará duas caminhadas gratuitas: dia 17 de agosto, às 9h, e dia 18 de agosto, às 13h30. A saída, com participação de alunos e profissionais da instituição, será realizada da Apae, passando pela rua Rio de Janeiro, sentido Prefeitura Municipal, Centro, e retornando à Apae. Quem quiser participar basta comparecer nos horários marcados.

A Apae também realiza palestras de prevenção às deficiências no decorrer do ano letivo (março a novembro), às quais são ministradas pela equipe de saúde da Apae nos núcleos da Assistência Social, da Saúde, nas escolas da Rede Regular do Ensino Municipal, Estadual e Particular, nos Clubes de Serviços, nas Empresas e com Gestantes, através de parceria com o Hospital Beatriz Ramos, onde o curso ocorre duas vezes por mês, sempre na segunda e última quinta-feira do mês.

Os assuntos abordados são direcionados à prevenção de deficiências desde o planejamento familiar, concepção consciente, cuidados durante e após a gestação, cuidados na primeira infância, Doenças Sexualmente Transmissíveis, Zika Vírus, entre outros. Quem tiver interesse nas palestras pode solicitá-las pelo e-mail apaeind@hotmail.com ou telefone 3333-0032.

Sobre a Apae

A Apae desenvolve atividades e ações de educação especial nos diferentes níveis de atendimentos: estimulação essencial para bebês com atraso no desenvolvimento (meses a 6 anos); Serviço Pedagógico Especial (SPE) para alunos dependentes (7 a 21 anos); Atendimento Educacional Específico – alunos que frequentam o ensino regular e o contraturno na Apae – Inclusão (7 a 18 anos); Serviço de Atendimento Específico (18 a 64 anos) e Transtorno Espectro do Autismo – três níveis de atendimentos (3 a 21 anos).

Além do atendimento aos níveis específicos em sala de aula, realizado por 12 professores, a Apae conta com atendimentos em artes, educação física, informática; atendimentos específicos com profissionais da área da saúde; avaliação e reavaliação diagnóstica interdisciplinar em caso de suspeita de deficiência intelectual ou múltipla; apoio à inclusão escolar; orientações às famílias; terapias individualizadas; capacitação para o mercado de trabalho, cultura e atividades socioeducacionais.

Na instituição de Indaial são atendidos 138 educandos, na faixa etária de meses a 64 anos. A equipe técnica é composta de fisioterapeuta, fonoaudióloga, psicóloga, terapeuta ocupacional, médico pediatra, médico neuropediatra, médico psiquiatra e assistente social.

Graciely Guesser Ramos

Pin It