T-Rex: o melhor do Brasil

14823398498210

Histórica e Emocionante! Estas palavras estiveram presentes durante todo o confronto deste domingo, dia 18, entre Flamengo Futebol Americano e Timbó Rex pela final da Superliga Nacional de Futebol Americano, no Rio de Janeiro. E com a espetacular vitória, de virada, por 36 a 24, numa das melhores partidas da modalidade já jogada no Brasil, o Timbó Rex é bicampeão nacional e é o maior time do esporte da bola oval no país atualmente. A eletrizante partida foi disputada no tradicionalíssimo estádio do Olaria, da rua Bariri.
Quarenta partidas nos últimos três anos. A vitória em 38 delas, dois títulos catarinenses, taça invicta do Torneio Touchdown de 2015 e o troféu inédito do primeiro campeonato unificado de futebol americano do Brasil, a Superliga Nacional, neste domingo.
Esta é a excelente e magnífica  performance da equipe timboense, escrevendo uma das mais bonitas e melhores histórias da modalidade na cidade, no estado e país.
A defesa do T-Rex  dava trabalho para o Flamengo, que nas duas primeiras campanhas não alcançou a primeira descida. No entanto, o turnover inicial da partida veio com o Timbó Rex. Depois de cederem um turnover on downs, o ataque visitante voltou ao campo. Só que na primeira jogada do drive o quarterback do T-Rex Luiz Carlos Bossani sofreu um fumble, que foi recuperado pelos cariocas.
O Fla, logo em seguida, capitalizou a posse de bola. Em uma big play, o signal caller da equipe rubro-negra fez um passe longo para o wide receiver Patrick, que após a recepção correu tranquilo até a end zone. Com um bom retorno de kickoff, o Timbó Rex ficou em uma boa posição de campo para tirar o zero do placar e converter um field goal.
Porém, a equipe de Timbó, que usou uniforme todo preto com o escudo da Chapecoense no peito, passou na frente do marcador com um TD terrestre.
O Flamengo FA empatou logo depois, também com um field goal. E em seguida abriu uma boa vantagem, com dois touchdowns lançados por KC Frost, deixando o marcador 24 a 10. Mas o time de Timbó aproveitou os minutos finais do primeiro tempo para voltar ao jogo. Com o jogo terrestre, mais 6 pontos na conta, e os dois times foram para o vestiário com 24 a 17 no placar.
Na volta do halftime, era visível que o Timbó Rex fez os ajustes necessários para vencer a partida. Seu time defensivo anulou o jogo corrido rubro-negro, além de ter neutralizado os passes curtos na lateral feitos por Frost, que até então estavam dando certo. Com isso, o ataque liderado pelo QB Bassani se impôs no segundo tempo e virou a partida. Foram três touchdowns, dois por terra e outro em um belo lançamento de Bassani.
Precisando de dois TD’s para virar o jogo, o Fla foi de vez ao ataque com o apoio da torcida que lotava a arquibancada. Mas depois de duas interceptações sofridas por KC Frost na end zone, o sonho rubro-negro de um campeonato invicto ficou para o ano que vem. Festa da torcida catarinense presente no Estádio da rua Bariri, em Olaria, zona da cidade. Festa dos jogadores em comissão técnica.
O Timbó Rex é o primeiro campeão do Brasil Bowl unificado em 2016. É simplesmente o melhor FA do Brasil! Um orgulho para Timbó!
Well Garcia foi eleito o MVP do #BrasilBowl. O runningback do Rex correu para três touchdowns na tarde deste domingo, marcando metade dos pontos da sua equipe no Rio de Janeiro. Ao todo, foram 12 TD’s em toda a #SuperligaNacional

Pin It