“Pokémon Go” no Brasil? Estúdio diz que vai lançar no país, mas não dá data

Na madrugada desta terça-feira (2) a produtora Niantic, responsável por “Pokémon Go”, publicou comunicado oficial em suas páginas nas redes sociais reiterando o compromisso de lançar o jogo no Brasil, mas sem revelar uma previsão de data para que isso aconteça.

“Temos acesso limitado a serviços de outras empresas que estavam interferindo em nossa habilidade de manter um serviço de qualidade para os nossos usuários e levar o ‘Pokémon Go’ para usuários ao redor do mundo. O grande número de usuários tem feito do lançamento de ‘Pokémon Go’ ao redor do mundo um… desafio… interessante. E ainda não terminamos! Sim, Brasil, queremos levar o jogo para vocês (e muitos outros países onde ele ainda não está disponível)”.

Apesar de pouco esclarecedora, a mensagem é a primeira citação direta que a empresa faz ao Brasil em mais de duas semanas. Na última ocasião, a Niantic disse ao UOL Jogos que ainda não havia previsão de lançamento oficial e que ele poderia demorar pra chegar oficialmente ao país.

Vale notar, o Brasil é o único país citado nominalmente no comunicado, sugerindo que, se o país não for prioridade para o lançamento de “Pokémon Go”, no mínimo os comentários dos brasileiros nas redes sociais estão sendo notados pela desenvolvedora do game.

O texto ainda tenta explicar a escassez de informações oficiais nos últimos dias.

“Temos lido seus posts e e-mails e ouvimos a frustração das pessoas em lugares onde ainda não lançamos, e daqueles que sentem falta de algumas funções. Queremos que vocês saibam que temos trabalhado horários malucos para manter o jogo funcionando conforme o estamos lançando globalmente. Caso você não tenha visto a gente tuitar muito é porque estamos focados em trabalhar no jogo. Mas vamos nos esforçar para manter vocês informados sobre o que está acontecendo”.

O comunicado vem também no embalo de reclamações diversas de jogadores em relação a funções removidas em atualização lançada para o “Pokémon Go” nesta semana. Anteriormente, o radar que exibe Pokémon ao redor mostrava também silhuetas de patinhas para indicar a distância dos monstrinhos, mas o funcionamento do sistema não era claro.

“Tiramos o sistema de ‘3-patinhas’ para melhorar o design geral do jogo. A função, apesar de apreciada por muitos, era confusa e não atendia aos nosso objetivos”.

UOL GAMES.

Pin It