“Ninguém ficou contente”, diz Fernanda Paes Leme sobre problemas no “X Factor”

29022393545_1de3d5eab8_z1-620x413

Fernanda Paes Leme, que por anos trabalhou na Globo como atriz, terá uma nova missão: apresentar, pela Band e pelo canal pago TNT, o “X Factor Brasil”, atração que faz sucesso em mais de 170 países revelando novos talentos.

Fernanda, que já foi repórter do “Superstar” e conhece bem os bastidores de um reality, irá comandar um time bem variado de jurados: o cantor Paulo Miklos, ex-Titãs; o produtor musical e ex-técnico do “Popstar” – produzido pelo SBT e que revelou as extintas bandas Rouge e Br’oz – Rick Bonadio; Di Ferrero, vocalista da NX Zero; e Alinne Rosa, ex-Cheiro de Amor.

The X Factor Band RD1 IG

O programa contará com 26 edições divididas em quatro fases (audições, centro de treinamento, cadeiras e shows ao vivo) e será exibido às segundas e quartas-feiras pela Band, às 22h30, e às terças e quintas-feiras, a partir das 20h30, pelo canal TNT, com direito a repeteco aos domingos. A emissora estreará a atração com as dez cotas de patrocínio vendidas.

Durante a coletiva de imprensa na sede da Band, a filha do jornalista Alvaro José revelou os motivos que a levaram a aceitar o convite do canal: “Esse projeto é um sonho”, disse. Já em relação aos problemas enfrentados durante os processos de audição, ela afirmou: “Não tem como eu ignorar. Pelas redes sociais eu acompanhei. Isso não deixou ninguém [produção] contente. Claro que isso me tocou, mas não foi uma coisa necessariamente comigo, mas providências foram tomadas”.

Confira o bate-papo na íntegra:

RD1: Como foi a sua recepção na Band? Por que aceitou o convite?  

Fernanda Paes Leme: Eu fui muito bem recebida. Esse projeto é um sonho. Estou muito feliz em fazer parte. Eu já apresentei um programa. Numa posição mais confortável. Aqui, sou a única apresentadora. O programa tem a minha cara. Então, a responsabilidade é maior. Estou preparada.

RD1: O seu lado apresentadora o público não conhecia tanto…

Fernanda Paes Leme: Eu sou uma artista. Claro que apresentar tem mais a minha cara. Eu estudei jornalismo. Meu pai é jornalista. A atriz veio antes com peças, o seriado “Sandy & Junior”, novelas, seriados. A vida mesmo vai levando a gente para outros caminhos.

RD1: Ter passado pelo “Superstar” chamou a atenção da Band e do TNT? 

Fernanda Paes Leme: Acredito que sim, que tenha influenciado.

RD1: O seu contrato com a Band é por quanto tempo? 

Fernanda Paes Leme: Assinei pela primeira edição do projeto. Estamos torcendo por mais edições.

RD1: E o seu lado atriz como ficará durante esse período? O seriado no GNT não volta? 

Fernanda Paes Leme: Eu fiz um filme “Terapia de Casal”. “Odeio Segundas”, pelo GNT, não volta. Questões de agenda dos atores.  Talvez eu volte a fazer teatro no primeiro semestre do ano que vem.

RD1: O seu pai [Álvaro Leme] retornou ao Grupo Bandeirantes e tem aqui um longa carreira. Como ele reagiu com a sua contratação? 

Fernanda Paes Leme: Meu pai está super feliz. Eu cresci ouvindo “Band, o canal do esporte”. O Milton Neves me pegava no colo. Ele está bem feliz. É um momento de transição na minha carreira.

RD1: O programa passou por problemas durante as audições realizadas na Arena Corinthians, em São Paulo, como isso lhe afetou? O público te procurava? 

Fernanda Paes Leme: Não tem como eu ignorar. Pelas redes sociais eu acompanhei. Isso não deixou ninguém [produção] contente. Claro que isso me tocou, mas não foi uma coisa necessariamente comigo, mas providências foram tomadas.

Pin It