Globo não tem mais vídeos da época em que Silvio Santos trabalhou na emissora

Silvio-Santos-na-Globo-1

A revelação veio à tona por conta da exposição “Silvio Santos Vem Aí”, organizada pelo Museu da Imagem e do Som (MIS) para reverenciar a trajetória do dono do SBT. A Globo não possui imagens de Silvio Santos em seus arquivos: o animador deu expediente na emissora dos Marinho durante onze anos, entre 1965 [ano da fundação do canal] e 1976.

Os registros foram pedidos à Globo pela curadoria do Museu, mas a emissora não conseguiu atender a solicitação. Ao jornalista Daniel Castro, a justificativa apresentada é que as imagens se perderam ou foram queimadas por um dos quatro incêndios que destruíram parte do acervo do canal, nos anos de 1969, 1970, 1971 e 1976, este último pouco mais de um mês após a saída de Silvio Santos.

Segundo a Globo, os vídeos que constam no site “Memória Globo” foram cedidos por terceiros. A título de curiosidade, vale lembrar que, em 2015, o “Vídeo Show” resgatou imagens de Silvio Santos no comando de um de seus quadros mais antigos, o “Domingo no Parque” e creditou-as, erroneamente, como sendo do período em que ele esteve na emissora, quando, na verdade, foram transmitidas originalmente pela TV Tupi. Tamanha raridade foi doada à Globo apenas em 2000, por conta do projeto “TV Ano 50”.

silvio-santos-na-globo-reduzido

No entanto, pesquisadores do MIS tiveram acesso aos raros registros da passagem de Silvio Santos pela maior emissora do país graças ao simpático gesto de alguns colecionadores. Quanto à Globo, a sua única contribuição efetiva, por motivos alheios à sua vontade, foi a cessão do desfile da escola de samba “Tradição”, que, em 2001, transformou a vitoriosa trajetória do animador em samba-enredo. Ainda sim, o material só foi enviado às vésperas da abertura da exposição.

RD1

Pin It