Globo festeja crescimento de audiência nos finais de semana

como-será

Se, em termos de audiência, a Globo não teve muito o que comemorar em seu cinquentenário – só para citar o exemplo mais caótico tivemos “Babilônia” -, hoje o cenário está bem mais favorável: a novela das 21h já não sofre mais com a concorrência.

O crescimento nos índices também atingiu outras faixas consideradas mais frágeis. Aos sábados pela manhã, por exemplo, “Como Será?” e “É de Casa” bateram recordes no Painel Nacional da Televisão (PNT), que mensura a audiência em 15 regiões metropolitanas diferentes do país, em setembro.

A atração comandada por Sandra Annenberg alcançou índices 50% maiores do que os obtidos no mesmo período do ano passado. Embora mais tímido, o desempenho do “É de Casa” também é digno de nota: com 9 pontos, cresceu 17%.

A boa fase se estendeu aos programas de entretenimento: “Domingão do Faustão”, “Zorra” e “Altas Horas”, que conquistaram 20, 19 e 12 pontos, respectivamente.

Por fim, o crescimento das sessões de filmes merece ser observado: os índices do “Domingo Maior” cresceram 43%, mas “Temperatura Máxima” e “Supercine” fizeram bonito: ambas subiram 17%.

RD1

Pin It