Exposição da 2ª Mostra “Papéis” inicia no dia 3 de julho na FIC

A Fundação Indaialense de Cultura (FIC) recebe a partir de segunda, 3 de julho, a 2ª Mostra “Papéis”, composta por trabalhos dos alunos oriundos dos cursos de Desenho e Pintura da Fundação e coordenada pelas professoras Maria Adelina Costa e Camile Brick. É no papel que esses alunos encontraram o suporte ideal para o desenvolvimento de suas ideias, utilizando diferentes materiais como lápis aquarelável, tinta óleo, tinta acrílica, nanquim, tinta aquarela, pastel seco, sanguínea, lápis sépia, entre outros.

O papel é uma substância orgânica constituída de fibras da celulose das plantas, e o artista é um ser orgânico composto principalmente de sonhos. Em sua diversidade de texturas, tipos de fibras, gramaturas, o papel é o primordial suporte da criação na arte, o meio pelo qual artistas colocam em prática sua criatividade, a base em que ocorrem o registro e a experimentação necessárias para o nascimento de obras. Matisse, Picasso, Warhol, todos os grandes artistas utilizaram papéis para expressarem arte.

Por sua vez, o papel da arte é fundamental para o bom desenvolvimento físico, social, cognitivo e afetivo do ser humano, oferecendo recursos para expressão e compreensão do mundo que o cerca. A arte é uma importante ferramenta para leitura da realidade e de si mesmo. Portanto, o contato com as mais diversas manifestações artísticas desenvolve características como senso crítico, sensibilidade e criatividade.

A mostra está inserida nas atividades do Inverno Cultural FIC e ocorrerá no Salão de Exposições da Fundação (rua Dr. Blumenau, 5, Centro), com visitações gratuitas até 27 de julho, diariamente, das 8h às 12h e das 13h30 às 21h.

Graciely Guesser Ramos

Pin It